Pular para o conteúdo principal

Suspensão


O apresentador Leo Dias foi proibido de pisar no SBT nesta sexta-feira (15) para comandar o "Fofocalizando". Isso porque o jornalista foi suspenso após publicar nas redes sociais uma imagem da série "La Casa de Papel", sucesso da Netflix, na qual os personagens da série tiveram os rostos substituídos pelos apresentadores do programa de fofocas. 

A suspensão veio porque a única que não aparece na montagem foi a sua colega de elenco Mara Maravilha, que acabou sendo representada com o emoji de um demônio.

"A Mara foi chorar para a direção e eu fui suspenso. Ela tem muito mais poder do que eu no SBT. Ela é plena, poderosa, consegue fazer aquele programa de cabeça para baixo sozinha e não depende de mim para absolutamente nada. Eu só cumpro ordens ali dentro. Acordei com uma mensagem da direção do SBT, dizendo que eu não poderia entrar no ar hoje no Fofocalizando", declarou Leo ao site "NTV".

Segundo Dias, a emissora da Anhanguera achou a imagem desrespeitosa, e por esta razão optou por proibir sua participação no programa de hoje. A suspensão chateou Léo, que teria chorado após receber a notificação da suspensão e contesta a decisão da casa.

"A Livia Andrade sempre detona a Mara nas redes sociais e nunca acontece nada com ela. Por que comigo a postura é diferente?", questiona o apresentador.

Por sua vez, Mara, chorosa, afirma estar chateada e diz que se sente perseguida dentro do SBT e que algumas pessoas torcem contra seu sucesso profissional. 



Siga no Instagram @Famarianno

Informações: via "NTV".

Foto: Reprodução/SBT.

Comentários

AdSense